Você está acessando como visitante. Cadastre-se ou faça login para enviar comentários, divulgar eventos, etc.

Páscoa - Ressurreição de Jesus

01 de maio de 2011

A palavra “Páscoa”, do hebreu peschad, do grego paskha e do latim pache, significa “passagem”. Se chama passagem em observação a Passagem do Anjo da Morte, na décima praga do Egito (cf. Ex 11,1-6).

A celebração da Páscoa é muito antiga. No inicio, era a época em que se festejava o fim do inverno rigoroso e o início da primavera. E foi o que ocorreu, por providência Divina, também nesta mesma época, da Páscoa, a comemoração dos Judeus passou a significar a passagem da escravidão para a libertação, após 400 anos de cativeiro no Egito, eles conseguiram fugir do solo egípcio, liderados por Moisés, ficaram 40 anos no deserto até chegar a Canaã, atualmente chamada de Israel, que passou a ser a terra prometida por Deus (Ex 12,1-14). Essa tradição foi mantida pelo povo de Deus ao longo dos anos e das gerações. O ritual era repetido para lembrar que Deus libertou e caminhou com o povo de Israel.

No Novo Testamento, após a morte de Jesus Cristo e sua ressurreição três dias depois, a Páscoa ganha um novo sentido. A Páscoa passa a ser conhecida como a Ressurreição de Jesus. É comemorada, 47 dias após o carnaval (Festa da Carne). Para nós católicos, as festividades de preparação para a Páscoa se iniciam no Domingo de Ramos (Semana Santa).

A Páscoa dura 50 dias, iniciando no Domingo da Ressurreição e finalizando no domingo anterior ao Dia de Pentecostes (50 dias após a Páscoa). A primeira semana de Páscoa é chamada de oitava da Páscoa. O tempo Pascal é o tempo mais importante do Ano Litúrgico, todo o calendário cristão gira em torno da Páscoa. Ele se torna o mais importante, por sido através dele que a salvação chegou ao mundo, após a morte e ressurreição de Jesus, quando se cumpria o plano de salvação de Deus.

A Páscoa é repleta de símbolos importantes para todos nós. Mesmo nos mais diferentes países e culturas, muitos elementos estão sempre presentes nos rituais há centenas de anos. São eles:

a) Círio Pascal: É uma grande vela com cinco cravos, representando as cinco chagas de Cristo (nas mãos, nos pés e no seu lado), que representa Cristo como a Luz do mundo.

b) Pão e Vinho: São o corpo e o sangue de Jesus Cristo, a vida eterna. No Ocidente, o pão é representado pela hóstia, já no Oriente é um pão com fermento.

c) Cordeiro: Representa Jesus Cristo, o filho amado de Deus, sacrificado como um cordeiro para tirar os pecados dos homens e do mundo.

d) Coelho: Animal associado à fertilidade, nascimento e vida nova desde a Antiguidade. Para alguns povos também simboliza a Lua, que determina o dia da Páscoa.

e) Ovo: Simboliza fertilidade e nova vida. Dá-lo de presente significa desejar que a vida se renove para a pessoa homenageada.

f) Cruz: Símbolo da fé católica. Congrega tanto a idéia de sofrimento como de ressurreição de Jesus Cristo.

 

Anjos de Jesus
formacao@anjosdejesus.com

Últimos Tweets